quinta-feira, 28 de junho de 2012

A educação hoje / Vale Sid encerrado.

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (1998), a intervenção do educador (professor) precisa, garantir que o aluno conheça o objetivo da atividade, situe-se em relação à tarefa, reconheça os problemas que surgem, e que seja capaz de resolvê-los.  Para tal, é necessário que o educador proponha situações didáticas com objetivos claros, para que os alunos possam tomar decisões. Deve-se conhecer o aluno a fim de poder oferecer atividades que estejam de acordo com o seu desenvolvimento, ou seja, não se pode trabalhar com graus muito elevados ou muito baixos de complexidade, pois isso pode não contribuir para a reflexão e o debate. Os educando devem poder realizar as atividades em uma situação desafiadora. Mas assim como o currículo deve considerar para o aluno o que ele necessita aprender e para viver no mundo com autonomia, estes mesmos alunos devem ter em mente que também precisam fazer seu papel, fazendo as tarefas, fazendo leituras, participando de forma ativa das aulas, tirando suas dúvidas, não andando achando que a sala de aula é um espaço que não precisa de certos limites. Para matar as saudades, que tal mais um *?vale_sid?* (valido até dia 08/07). Faça um comentário entre 10 a 15 linhas sobre um dos temas abordados nesse segundo trimestre e garanta 0,5 na sua média de história.

64 comentários:

  1. Colégio CEB
    Isabela Maria Cassilha
    2º ano - EM

    Absolutismo Monárquico

    O absolutismo é um teoria política que mostra a centralização dos poderes num só pessoa: o monarca. A centralização política trouxe como consequência o absolutismo monárquico, passando o Rei a ser identificado como o próprio Estado e a constituir um dos elementos de unidade nacional, enquanto a população inteira assumia as condições de serem súditos e um monarca. Surgiu na Europa, no fim da Idade Média e continuou até a Idade Moderna. No entendimento político e cultural da Idade Moderna, a palavra do Rei era a última e não havia mudanças ou qualquer tipo de contestação. O exemplo disso seria a frase de Luís XIV: "O Estado sou eu".

    ResponderExcluir
  2. Mariá ( 6° ano - matutino)30 de junho de 2012 10:07

    Persas
    De todos os conteúdos trabalhados em sala esse foi o que eu mais gostei e achei interessante.
    Habitaram a região que hoje é conhecida como Ásia ( mais especifico Irã).
    É um povo que realiza o Zoroatrizmo, uma crença que ainda tem seguidores em todo o mundo. Existem duas forças em constante luta : O bem e o mal. O deus Ormuz personifica o bem, já o deus Arimã o mal.
    As cidades Persas foram organizadas em satrapias( províncias) pelo governante Dário, cada qual administrada por uma pessoa de confiança do soberano, chamado Satrapas.
    Para facilitar a ligação das satrapias forma contruídas estradas, e também um sistema de correios, que fazia a entrega de cartas e documentos. A maior das estradas e a mais significante foi a estrada Real com 2000km.
    Destacaram-se também pela fabricação e comécio de tabetes : os famosos tabetes persas.


    Bjsssss

    ResponderExcluir
  3. vimos a segunda guerra: expansão nazista- foi quando Hitler começou a invadir os outros países.Um continente em guerra- foi quando os países começarão a resistir, por tanto começou países resistentes contra nazismo. O grupo de países- foi quando o Japão atacou o norte americano e em resposta o EUA declarou guerra ao Japão e a Alemanha aliada do Japão declarou guerra ao EUA então automaticamente EUA vira aliado daqueles contra o nazismo, logo com a entrada dos estados unidos o nazismo foi sumindo do mapa essa guerra acaba.A guerra fria- foi causada pela segunda guerra mundial, pois depois dela os EUA virou a maior potencia capitalista do mundo e a URSS era aliados do EUA e com isso começa a guerra fria que foi indireta, pois as duas nações tinha bombas, o termino da guerra foi marcada pela quebra do muro de Berlim que foi construída do dia para noite deixando a Alemanha divida em soviéticos e capitalistas.
    eduarda moraes 9 ano- matutino
    nome-

    ResponderExcluir
  4. Camila Weber Clasen
    9º Matutino

    Neste segundo trimestres estudamos muitos assuntos, como:
    Crise de 29- Foi após a primeira guerra mundial,os paises participantes compravam muitos produtos dos EUA mas após o termino da guerra esses paises se recuperaram e pararam de comprar seu produtos, mas os EUA não pararam de produzir oque fez com que acontecesse a crise de superprodução, bancos, industrias começaram a fechar. Em 1929 a crise invadiu a bolsa de valores de NY, já que inúmeras ações perderam o valor. Os EUA só se recuperaram quando Rosseveld ganhou a eleição e após a 2º guerra mundial.
    Facismo- Surgiu na Itália em 1920, liderado por Benito Mussolini. Era um regime totalitário e nacionalista, que tomou força após a 1º guerra mundial.
    Nazismo- Foi a manifestação mais grave do facismo, surgiu na Alemanha liderado por Adolf Hitler. Era também um regime totalitário e nacionalista mas em um grau mais estremo. Desejava a raça perfeita, "ariana".
    Segunda guerra mundial- O causador da segunda guerra mundial foi o nazismo, que desejava dominar territórios e povos. No inicio funcionou mas com a entrado do EUA na guerra a derrota era inevitavel.

    ResponderExcluir
  5. Isabela M. Serafim
    2º EM

    Grandes Navegações – O Mar Tenebroso

    Na Europa, se tinha pouco conhecimento sobre outros lugares do mundo. Então eles tinham um pensamento de que o mundo era plano, que se navegassem se arriscando cruzar o Atlântico até certo ponto eles cairiam em um enorme abismo, e o mar era cheio de monstros.
    Todo esse medo começou a ir embora por volta de 1453, quando os turcos-otomanos tomaram a Constantinopla e dominaram o Mediterrâneo oriental, passando a cobrar altas taxas das caravanas que por ali cruzavam.
    Para se livrar das cobranças das taxas, os mercadores europeus começaram a procurar outras rotas em direção às Índias. E nessa busca, Portugal saiu em frente, devido a alguns fatores como a sua posição geográfica, seu reino era o mais ocidental da Europa, existência de um poder centralizado e de um Estado unificado e longas experiências de pescadores e marinheiros lusitanos na costa do Atlântico.

    ResponderExcluir
  6. Catharina, oitavo ano matutino
    Falarei da Guerra civil,
    Eu entendi, sobre a guerra civil que...
    A diferença entre as treze colonias, gerou uma guerra entre elas, a guerra civil.
    Nesse conflito estavam as colonias americanas do norte e do sul.
    O estopim do conflito foi a vitória do nortista Abraham Lincoln para presidente da republica.
    Ele era defensor do abolicionismo, em fevereiro de 1861, alguns habitantes sulistas fundaram os estados confederados da América, e os nortistas liderados pelo presidente Lincoln não aceitaram, dando inicio a guerra civil, que começou em 1861 e terminou em 1865.

    Aluna: Catharina Martins Ferri
    Série: 8o ano matutino

    ResponderExcluir
  7. Kelmer 8º ano Matutino

    O assunto que eu vou abordar é:

    As 13 Colônias

    As treze colônias foram formadas por camponeses que tiveram sua terra tomada na Inglaterra e de pessoas que estavam fugindo da coroa inglesa. As treze colônias localizavam-se no atual pais chamado Estado Unidos da América.Depois das pessoas colonizarem o local, as colônias do sul e do norte foram obtendo aspectos diferentes, como, o sul que era politeísta(Cultivava mais de um produto) e o norte que era monoteísta(Cultiva um único produto. No sul, o trabalho era escravo e no norte, assalariado.Depois da independência das colônias, elas se passaram a chamar de Estados Unidos da América e, na hora de decidir quem seria o presidente, as colônias do sul e do norte entraram em conflito, um exemplo é a discussão entre o trabalho escravo e o assalariado.

    ResponderExcluir
  8. Nesse Capitulo aprendemos sobre
    -A América Inglesa.
    Durante o século XVII, diversos grupos de ingleses emigraram para a América do Norte.Os ingleses mantinham o monopólio do comércio de produtos colonias.O Conflito entre os habitantes das Treze Colônias e a Inglaterra ficou cada vez mais intenso. As forças comandadas por Washinton tiveram, no inicio algumas derrotas que levou algumas cidades serem domínio inglês.Durante o século XIX o governos dos U.S.A mudou sei sistema politico e acabou ganhando um desenvolvimento economico.As diferenças na organização economica do Norte e o Sul ocasionaram alguns problemas.Em Fevereiro de 1861, alguns habitantes dos U.S.A , os nortistas liderados pelo presidente Lincoln nao aceitaram a separação e deram inicio a guerra civil. aluta foi ate 9 de abril de 1865. no meso dia Lincoln corfirmou um decreto abolindo a escravidão.

    Aluna:Eduarda Campos de Andrade
    8° ano matutino.

    ResponderExcluir
  9. As Grandes Navegações

    A chegada dos espanhóis ao continente americano em 1492 e a descoberta do caminho marítimo para as índias pelos portugueses podem ser consideradas o marco inical das grandes navegações. Com elas, as sociedades europeias, que até então viviam fechadas, restringindo seus contatos aos povos do Mediterrâneo, ampliaram o comércio para os mares da Europa.
    O contato entre as culturas incentivou a troca de ideias. O intercâmbio entre povos de culturas e lugares diferentes colaborou para que o conhecimento tecnológico se desenvolvesse de forma mais intensa. Isso permitiu grandes avanços nas áreas da navegação, cartografia, medicina e construção naval.

    Aluna: Vivian Fernandes
    2º ano - E.M.

    ResponderExcluir
  10. No início da Idade Moderna, as mercadorias eram adquiridas no oriente e levadas até áreas próximas ao mar Negro ou ao Mediterrâneo. O grande problema era que os preços desses produtos sofriam um aumento muito grande. No ano de 1453 houve a invasão dos turco-omanos, que dominaram o Mediterrâneo oriental, e eles passaram a cobrar altas taxas das caravanas. Devido a esse fato, os europeus passaram a procurar outras rotas para as Índias e quem saiu na frente foi Portugal. Os feitos do país estimularam Colombo a achar uma forma mais rápida de se chegar às Índias, em 1492. No dia 12 de Outubro ele chega a um novo continente, mais tarde denominado de América. A descoberta de Colombo levou Portugal e Espanha a se envolverem em uma disputa pelas novas terras. Assinaram o Tratado de Tordesilhas e as terras já encontradas a oeste pertenceriam a Espanha e as terras a leste seriam de Portugal. Nos anos que se passaram depois, cada país colonizou as suas terras de uma maneira diferente.

    Bianca Fernandes dos Santos, 2º ano EM.

    ResponderExcluir
  11. A guerra fria foi uma batalha travada apos a 2 guerra mundial entre o bloco do paises capitalistas(Comandados pelo Estados Unidos da America)e o bloco dos paises Socialistas(Comandado pela Uniao sovietica ou U.R.S.S).Como os dois paises tinham a arma mais poderosa da epoca(Bomba Atomica)eles nao batalhavam entre si e sim apoiando paises menores a se chocar.O fim da guerra tem um simbolo milenar a queda do muro de berlim que acabou com a divisao da alemanha em doi lados.
    Nome: Luiz Guilherme Groff dos Santos
    Turma 9 ano matutino.

    ResponderExcluir
  12. Eduarda de Moraes 9 ano matutino

    2 guerra mundial foi quando os regimes totalitários tomaram conta da Europa e o nazismo começou a se expandir e ficou invadindo territórios e tal ela só acabou quando os EUA e outros países reagiram e ai acaba a guerra, guerra fria- foi quando EUA virou maior potencia capitalista do mundo e URSSS não nada pois eles eram aliados e assim começa a guerra que foi indireta pois as duas tinha bomba atômica e o termino dela foi principalmente representada pela queda do muro de Berlim que separava Alemanha em capitalista e socialista. nos vimos mas um pouco dos regimes totalitários da Europa e reforçando um pouco mais da crise de 29.

    ResponderExcluir
  13. Luiza Farias
    9ºano M

    A Segunda Guerra Mundial – 1939 – 1945 – foi um conflito que surgiu em detrimento dos governos autoritários e militaristas. Este segundo conflito basicamente foi um desdobramento da Primeira Guerra Mundial. O início da Segunda Guerra aconteceu em 1939, por conta da invasão do exército alemão na Polônia. Neste instante, a França e a Inglaterra se uniram e declararam guerra à Alemanha. O tratado de Versalhes pode ter sido a causa indireta para a guerra, pois foram impostos rígidos pagamentos para a Alemanha e houve uma elevação exagerada dos índices inflacionais.

    ResponderExcluir
  14. Um temas temas abordados nesse trimestre foi a Segunda Guerra Mundial, que foi um conflito que englobou todo o globo, que durou de 1939 a 1945. Envolveu os eixos (Alemanha, Itália, japão), e os aliados ( o resto dos países, mas principalmente URSS, EUA, França e Inglaterra). No inicio da guerra o Alemanha saiu na frente, ganhando território, até chegar no ponto de tomar toda a Europa, mas com a intervenção dos Aliados, aos poucos os nazistas recuaram até chegarem a Berlim em 1945 pondo o fim a guerra. Uma das consequências da guerra foi a perda de milhares de vidas, principalmente de judeus, a divisão da Alemanha em duas partes e a posse de vários territórias na África para a França, Inglaterra e Itália e territórios Europeus para a URSS.

    Heloisa Luz das Neves ~~~~~ 9° ano matutino

    ResponderExcluir
  15. aluno:Jiovani Schmitt
    Ano:8°ano
    Colégio:CEB

    A independência das treze colônias
    Durante o século XVII,diversos diversos grupos de ingleses emigraram para a América do norte.muitos eram protestantes puritanos, perseguidos na Inglaterra por suas crenças religiosas e ideias antiabsolutistas; outros eram camponeses expulsos de suas terras.Esses protestantes fixaram-se na região que ficou conhecida como Nova Inglaterra,onde foi dividida em treze colonias.
    Com o desenvolvimento das treze colônias, a Inglaterra começou a cobrar alguns impostos, como a lei do chá.Isso irritou os colonos fazendo então eles lutarem pela sua independência.

    ResponderExcluir
  16. Aluna: Beatriz Santos
    7ºano Matutino.
    A expansão marítima européia durou entre os séculos XV e XVII, aumentou consideravelmente os impérios comerciais do continente e ajudou a transformar a Inglaterra na maior potência mundial até o fim da Primeira Guerra Mundial.
    Mas teve consequencias: Queda do monopólio árabe-italiano no Mediterrâneo,transferência do eixo comercial, extremismo da população nativa, início da Revolução Industrial, início da revolução dos preços.

    ResponderExcluir
  17. Neste segundo trimestre na disciplina de história aprendemos sobre o Renascimento e sobre a Reforma Protestante.
    O Renascimento foi um renascer nas questões culturais e comerciais da Europa.
    A Reforma Protestante foi quando os Cristãos começaram a fazer críticas contra a Igreja Católica.Com estas críticas a Igreja Católica foi mudando a forma de ser.
    Por:Isabelle Souza
    7º ano Matutino

    ResponderExcluir
  18. Aluna: Jéssica Pereira Florindo 2ªano EM

    Grandes Navegações

    Alguns países europeus que queriam comprar especiarias (canela, pimenta entre outras), tinham que recorrer aos comerciantes de Veneza ou Gênova,pois eram eles que tinham o monopólio destes produtos. Com acesso aos mercados orientais os burgueses italianos cobravam preços absurdos por essas especiarias. O lugar que eles usavam pata o transporte desses produtos era o Mar Mediterrâneo, dominado pelos italianos. Desejavam com isso, encontrar uma nova rota para as Indias. Portugal e Espanha desejavam muito ter acesso direto ao oriente, para poderem também lucrar.
    A necessidade dos Europeus de encontrar novas terras, também foi um grande estimulante para as grandes navegações, onde eles poderiam conseguir matérias-primas, metais preciosos e produtos que não são encontrados na Europa. Até mesmo a Igreja Católica estava interessada nas Grandes Navegações, pois poderiam conseguir novos seguidores.
    Os reis também estavam interessados, , pois com o aumento do comércio, poderiam também aumentar a arrecadação de impostos .
    Como consequência tivemos: descobrimento de novas terras, fortalecimento das Monarquias Nacionais, expansão dos mercados, o Oceano Atlantico torna-se a principal rota maritima e etc.

    ResponderExcluir
  19. OLA SID, Marcelly Tavares 1ANO 311
    A organizaçao politica no egito
    -antigo imperio era caracterizado pela contruçao das piramides, Médio Imperio hieroglicoscaracterizado pelas invasoes sofridas pelo povo hicso, Novo Imperio nesse período os egipicios conseguem expular os mas devido enfraquecimento sofrem novas invasoes, fenincios, assírios e principalmente pelos gregos. A escrita surgiu por uma questao de necessidade registro e armazenamento ficou conhecido como hieroglicos
    Fenincios, Persas e hebreus regiao que hoje corresponde o que conhecemos como libano, israel marcado por questoes de disputas regionais e religiosas
    Hebreus primeiro povo da antiguidade a se tornar monoteistas.
    ABRAÇO SID, MARCELLY GUARNIERI TAVARES 311

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  21. As Grandes Navegações-sobre o mar tenebroso os europeus acreditavam que em direção ao sul o mar seria habitado por monstros, quem arriscava crruzar o atlântico conhecido como Mar Tenebroso e no final teria o abismo o fim do mundo..o governo português criou a "Campanhia de Naus", uma espécie de seguro marítimo cujo o objetivo era guarda os donos de navios caso de perdas de naufrágos ou atos de piratas. Os espanhóis chegam a América- navegando em direção a oeste, no dia 12 de outubro do mesmo ano avistou terra firme, haviam aportado em um continente desconhecido dos europeus e que posteriormente ficou conhecido como américa. O tratado de tordesilhas, dividia o mundo em dois blocos, apartir de uma linha imaginária que ficava a 370 léguas a oeste das ilhas de cabo verde.
    Florentino Américo Vespúcio, a serviço do rei de portugal, mapeou essas terras, chegando a conclusão de que não fazia parte das Índias, mais sim de um novo continente que, em sua homenagem, passou a ser chamado de Ámérica.
    A Revolução Comercial- graças as navegações produtos de quatro continentes passaram a atravessar os mares, provocando uma circulação monetária desconhecida até então. Por esse processo, ficou conhecido com Revolução Comercial.
    A expansão do comercio fez com que o marcantilismo fosse seguido por boa parte dos governantes, desejosos de ver a prosperidade de suas nações e o aumento de poder no estado.
    No termo Pacto Colonial as colonias ficavam proibidas de produzir artigos manufaturados.
    As embarcações portuguesas além de tripulante levavam padres jesuítas com o objetivo de converter as novas populações ao catolicismo.
    A prata de potosí em uma montanha na bolivia com a extração doprecioso minério a Espanha se tornou nação mais rica da Europa.
    Absolotismo Monárquico o poder se concentrava nas mãos dos reis era ele quem governava o país, aplicava a justiça e criava ou modificava as leis conforme seus interesses.
    Senhores feudais perdem o poder devido a exportações do comércio e alimentos de fora, com isso a inflação cobrada era muito cara e os senhores feudais enfraqueceram seu poder.
    MARIA LIDIA CARDOSO
    2 ANO. EM!

    ResponderExcluir
  22. As Grandes Navegações-sobre o mar tenebroso os europeus acreditavam que em direção ao sul o mar seria habitado por monstros, quem arriscava crruzar o atlântico conhecido como Mar Tenebroso e no final teria o abismo o fim do mundo..o governo português criou a "Campanhia de Naus", uma espécie de seguro marítimo cujo o objetivo era guarda os donos de navios caso de perdas de naufrágos ou atos de piratas. Os espanhóis chegam a América- navegando em direção a oeste, no dia 12 de outubro do mesmo ano avistou terra firme, haviam aportado em um continente desconhecido dos europeus e que posteriormente ficou conhecido como américa. O tratado de tordesilhas, dividia o mundo em dois blocos, apartir de uma linha imaginária que ficava a 370 léguas a oeste das ilhas de cabo verde.
    Florentino Américo Vespúcio, a serviço do rei de portugal, mapeou essas terras, chegando a conclusão de que não fazia parte das Índias, mais sim de um novo continente que, em sua homenagem, passou a ser chamado de Ámérica.
    A Revolução Comercial- graças as navegações produtos de quatro continentes passaram a atravessar os mares, provocando uma circulação monetária desconhecida até então. Por esse processo, ficou conhecido com Revolução Comercial.
    A expansão do comercio fez com que o marcantilismo fosse seguido por boa parte dos governantes, desejosos de ver a prosperidade de suas nações e o aumento de poder no estado.
    No termo Pacto Colonial as colonias ficavam proibidas de produzir artigos manufaturados.
    As embarcações portuguesas além de tripulante levavam padres jesuítas com o objetivo de converter as novas populações ao catolicismo.
    A prata de potosí em uma montanha na bolivia com a extração doprecioso minério a Espanha se tornou nação mais rica da Europa.
    Absolotismo Monárquico o poder se concentrava nas mãos dos reis era ele quem governava o país, aplicava a justiça e criava ou modificava as leis conforme seus interesses.
    Senhores feudais perdem o poder devido a exportações do comércio e alimentos de fora, com isso a inflação cobrada era muito cara e os senhores feudais enfraqueceram seu poder.
    MARIA LIDIA CARDOSO
    2 ANO. EM!

    ResponderExcluir
  23. Aluno: Mateus Fernandes
    Turma: 1° ano 311

    Os Fenícios

    Os fenícios localizavam-se na porção norte da Palestina, onde hoje se encontra o Líbano. Os povos originários dessa civilização são os semitas que, saindo do litoral norte do Mar Vermelho, fixaram-se na Palestina realizando o cultivo de cereais, videiras e oliveiras. Além da agricultura, a pesca e o artesanato também eram outras atividades por eles desenvolvidas.

    A proximidade com o mar e o início das trocas agrícolas com os egípcios deu condições para que o comércio marítimo destacasse-se como um dos mais fortes setores da economia fenícia. Ao longo da faixa litorânea por eles ocupada surgiram diversas cidades-Estado, como Arad, Biblos, Tiro, Sídon e Ugarit. Em cada uma dessas cidades um governo autônomo era responsável pelas questões políticas e administrativas.

    Os Hebreus

    Os hebreus eram inicialmente, um pequeno grupo de pastores nômades, organizados em clãs ou tribos, chefiadas por um patriarca. Conduzidos por Abraão, deixaram a cidade de Ur , na Mesopotâmia, e se fixaram na Palestina (Canaã a Terra Prometida), por volta de 2000 a.C.
    A Palestina era uma pequena faixa de terra, que se estendia pelo vale do rio Jordão. Limitava-se ao norte, com a Fenícia, ao sul com as terras de Judá, a leste com o deserto da Arábia e, a oeste com o mar Mediterrâneo.
    Governados por patriarcas, os hebreus viveram na palestina durante três séculos. Os principais patriarcas hebreus, foram Abraão (o primeiro patriarca), Isaac, Jacó (também chamado Israel, daí o nome israelita), Moisés e Josué.
    Por volta de 1750 a.C. uma terrível seca atingiu a Palestina. Os hebreus foram obrigados a deixar a região e buscar melhores condições de sobrevivência no Egito. Permaneceram no Egito, cerca de 400 anos, até serem perseguidos e escravizados pelos faraós. Liderados então, pelo patriarca Moisés, os hebreus abandonaram o Egito em 1250 a.C., retornando à Palestina. Essa saída em massa dos hebreus do Egito é conhecida como Êxodo.

    Os Persas

    A partir de 2000 a.C., a região foi ocupada por povos de pastores e agricultores, vindos do sul da atual Rússia, que invadiram o planalto. Os medos fixaram-se ao norte do planalto do Irã, enquanto os persas se estabeleceram na parte sudeste, próxima ao golfo Pérsico.
    Os primeiros habitantes desse planalto dedicaram-se ao pastoreio e, nos vales férteis, desenvolveram o cultivo de cereais, frutas e hortaliças.
    A região era também rica em recursos minerais, encontrados nas montanhas vizinhas: ferro, cobre, prata etc.

    ResponderExcluir
  24. Fenicios se desenvolveram pelo dominio e disputa com os romanos pela regiao do mar mediterraneo. Conflitos que ficaram conhecidos como guerra de cartago. Os persas se destacaram pela organizaçao de estradas pavimentadas e sistema de entrega de correspondencias (correio). As cidades persas eram chamadas de satrapias e seus governantes eram os satrapos. Destaque tambem nas questoes religiosas onde valorizam as questoes da natureza com a religiao. Deus do - bem:ormuz mal: arima
    Os hebreus de principio eram assim como todos os povos da antiguidade politeistas. Passaram a ter crença em um unico Deus este seria jave.
    by : Tatiane Seghetto 311

    ResponderExcluir
  25. Revolução Francesa.
    Colégio CEB.
    Aluna: Marina Porto.
    Turma: 8º Ano Matutino.
    Professor: Sidney.

    A população francesa era dividida em estados, o primeiro estado era o clero, segundo estado à nobreza, e o terceiro estado era a burguesia, trabalhadores das cidades, e os camponeses. E 98% da população francesa moravam no campo.
    O povo não votava individualmente, os estados como o clero e a nobreza se juntavam, e o terceiro estado, como eram das pessoas mais pobres acabavam tendo que pagar todos os impostos. No terceiro estado quem sofria mais com isso eram os Burgueses.
    A burguesia era divida em girondinos, e jacobinos, que queriam mudanças na economia.
    Depois de um tempo os girondinos acabaram assumindo o poder, e os líderes jacobinos acabaram sendo guilhotinados, aonde surge um novo governo , com o jovem Napoleão Bonaparte.

    ResponderExcluir
  26. Lucas Pereira Florindo - 1º Ano / nº 311.

    China - A civilização na China teve seu início dotado de aproximadamente 2000 a.C. Ocorreram várias dinastias, que estatavam em constante conflito. A china esta localizada na Peninsula leste da Ásia banhada pelos rios: Heang-Ho e Iang - Tsé. Os chineses chamavam o seu reino, como reino do meio. Acreditavam que a china era o único reino culto e civilizado. A economia chinesa estava ligada, assim como egípicios e mesopotâmicos, a economia de regadio. Cultivavam trigo, cevado e o arroz. Tinha tambem o cultivo da amoeira, alem de fazer proveito das amoras faziam e davam impotancia para o bicho da seda que se criava nas amoeiras. Essa era uma arte milenar dos chineses e indianos. Devido a cultura da seda, foi criada a rota de comercio, que ficou conhecido como rota da seda, onde ocorria o contato entre Indus, Chineses e Arabes. Os chineses tinham uma unidade cultural, mas não tinham uma unidade politica, como foram varias dinastias que comandavam a China, o poder em constante conflito. No ano de 221 a.C, Quin Shi Huang pois fim as lutas entre os reinos chineses, unificando a região e criou o reino da China.

    ResponderExcluir
  27. Os Fenícios por volta de 1200 a.C. como os Fenícios não eram um povo de origem guerreira para se desenvolverem optaram pelo comércio e se expandiram pelo mar Mediterrâneo, e um fator que ajudou muito foi o seu grande desenvolvimento náutico. Os Fenícios desenvolveram também o alfabeto por dependerem muito do comércio tinham que controlar por escrito as transições de mercadorias, as duas escritas aplicadas na época foram a hieroglífica e a cuneiforme, quem tinha acesso a essas escritas eram os escribas.

    Nome: Guilherme Horn Machado
    série: 1° ano EM

    ResponderExcluir
  28. HELOISA 2° EM

    Neste 2° trimestre aprendemos sobre o periodo pré-Colombiano começando pelas grandes Navegações onde, na Europa, se tinha medo do mar se falava que dentro tinha monstros e que em determinado momento a terra acabava e eles caiam em um buraco sem fim. Até que Cristóvam Colombo, inspirado pelas contas de Marco Polo, consegue a permissão para se aventurar e, com o objetivo de chegar na Índia, descobre a América. No periodo Pré Colombiano utilizava-se aquelas terras para a exploração de ouro e pau brasil, sendo que a mão de obra pertencia aos indios, depois veio a construção de pequenos feitoriais divididas em 15 faixas de terra sendo que apenas duas delas deram certo.

    ResponderExcluir
  29. Aluno:Jiovani Schmitt
    Ano:8°ano matutino
    Colégio:CEB

    Durante o século XVII diversos imigrantes foram para a América do norte,muitos imigrantes eram protestantes puritanos,perseguidos na Inglaterra ;outros eram camponeses que foram expulsos de suas terras.O nome da região onde os imigrantes se fixaram ficou conhecida Nova Inglaterra,essa região foi dividida em 13 colonias,9 colonias no norte e 4 no sul.
    Com o passar do tempo essa região foi se desenvolvendo e a Inglaterra resolveu lucrar com isso,fazendo diversas leis,como,a lei do chá.Os colonos se revoltaram e resolveram lutar pela sua independência.Em 1781 as tropas da Inglaterra se rendem dando a independência aos colonos.

    ResponderExcluir
  30. achei legal aula sobre a reforma protestante porque antes eu só conhecia dois nomes de Deus de duas religiões diferentes (um em uma igreja e outro em outra) que são: Jave e Jeova, mas na aula aprendi um outro nome que é : Iave.
    Mas também achei legal por o professor usar uma bíblia para esplicar o assunto e acho que não precisaria explicar de outra maneira.
    Mas também né, o professor passou o assunto todo no quadro passo a passo explicando tudo de um jeito que não tem como alguem não tenha entendido.

    ResponderExcluir
  31. primeiro comentario, Arêas (desculpa esqueci de colocar meu nome professor)
    7ºano matutino :(
    .

    ResponderExcluir
  32. Colégio CEB
    Aluno:Victor Hugo de F. da Silva
    Turma:311
    Tema:Os Persas

    OS persas se originaram de umas tribos nômades da Asia central e da Rússia, eles se instalaram-se no planalto iraniano.
    Por volta do seculo VII a.C o medos foram unificados por Déjoces que se tornou rei.Com a morte de Déjoces, o trono passou a ser ocupado por seu filho Astíages,uma de suas filas casou-se com o líder persa que promoveu um filho chamado Ciro, e Ciro unificou as varias tribos persas.
    A formação do império persa começou com grandes estrategista militar, Ciro ampliou o território apos a submissão dos medos e transformou em um grande império, por causa dessas conquistas Ciro ficou conhecido como o Grande.
    Apos a morte de Ciro ouve alguns conflito internos e um líder chamado Dario assumiu o poder e com o novo líder ele expandiu mais ainda o território tornando um grande império com mais de 10 milhões de pessoas com diferentes linguás.

    ResponderExcluir
  33. Gabriela Nunes, 8° M
    No século XVII, vários ingleses vieram para a América,em sua maioria, perseguidos por sua religião, ou camponeses expulsos de suas terras. Formaram-se então as 13 colônias, divididas em Norte e Sul, que eram muito diferentes entre si. Essas diferenças resultaram na Guerra de Secessão. Depois que os nortistas venceram, o país se unificou, e se tornou potência mundial.

    ResponderExcluir
  34. Olá professor Sid, tudo bem? Bom, vou falar sobre o renascimento. O renascimento surgiu na França, Europa. Foi o renascer das questões culturais. os homens pararam de pensar que tudo que acontecia era pois deus queria e começaram a pensar racionalmente e com um olhar crítico. Surgiu o empirismo: observação e experimentação. Valores do renascimento: segundo os renascentista os gregos e romanos tinham amplo conhecimento da vida. O renascimento, outro aspecto importante foi a valorização do ser humano(humanismo).

    Abraço, Gabriel 7°ano Matutino

    ResponderExcluir
  35. A Conquista Espanhola: Quando os espanhóis souberam que os índios da ilha de Hispaniola usavam adereços de ouro eles se deslocaram para lá, atraídos pelo desejo de enriquecimento rápido. E no final de 1493 teve início a exploração do ouro. Os habitantes que não foram exterminados viraram escravos, obrigados a trabalhar na extração do ouro.
    O Frei Bartolomeu de Las Casas descreveu o massacre em Hispaniola: os espanhóis não poupavam crianças nem homens velhos, nem as mulheres grávidas. Faziam apostas sobre quem com um só golpe partiria um homem pela metade.
    Parte da população indígena morreu ao entrar em contato com doenças levadas pelos europeus, e para quais não tinham anticorpos. A população asteca diminuiu de cerca de 25 milhões de pessoas em 1518 pra 700 mil em 1623.

    Vanessa Mattos, 2º Ano EM

    ResponderExcluir
  36. Nome:Yasmim Alves Sant`Ana
    Série:7ºano matutino

    TRABALHO DE
    HISTÓRIA:

    O renascimento

    O renascimento é o movimento,denominado resnascimento intelectual e artistica,que marcou fim da idade media e o inicio da iadade moderna.O termo renascimento é utilizado para indicar uma forma de pensar e de rpresentar o mundo.As pessoas que protegian as artes eran chamados de mecenas.Omovimento renacentista teve inicio na peninsula italica ,e depois se espalhou por quase toda a europa ocidental, chegando aos atuais territorios da espanha, inglaterra, frança, alemanha, belgica e holanda.

    ResponderExcluir
  37. a guerra fria foi um conflito social entre capitalistas(liderados pelos Estados Unidos da america )contra os socialistas (liderados pela Uniao das republicas socialistas sovieticas)como os dois paises tinham bomba atomica a guerra foi indiretamente apoiando paises menores a lutar pois se nao aconteceria um armagedon .O fim da guerra fria e conhecido com a queda do muro de berlim que acabou com a divisao muindial(e principalmente da alemanha)
    Nome Pedro oliveira paradela
    turma 9 ano

    ResponderExcluir
  38. Eu aprendi sobre o fascismo e o nazismo. fascismo:O fascismo é uma corrente prática da política que ocorreu na Itália, opondo-se aos diversos liberalismos, socialismos e democracias. Surgiu no período entre guerras, e abriu caminhos para o surgimento de diversos outros movimentos e regimes de extrema direita. nazismo: O nome do Partido Nazista era "National Sozialistische Deutsche Arbeiterpartei" (N.S.D.A.P.) ou em português, Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Apesar de o nome "socialista" ser utilizado, entretanto, sob o nosso atual entendimento de socialismo, o nazismo é radicalmente antissocialista ou anticomunista. O termo "National Sozialistische", que em alemão dá origem a "Nazismo" era utilizado como forma de se contrapor ao termo comunismo, ou internacional Socialista no sentido utilizado pelo marxismo. O nazismo pode ser considerado uma forma extrema de fascismo, muitas vezes chamado de nazifascismo. Os vários tipos de fascismos se identificam como antissocialistas.

    ResponderExcluir
  39. No século XV, início da Idade Moderna, a Europa via sua economia cada vez mais comprometida com a queda de consumo dos bens produzidos na zona rural e agrícola. O mercado interno europeu passava por sérias complicações. Para abastecer o consumo, muitas vezes tinha que exportar produtos que vinham do Oriente, como especiarias, objetos raros e pedras preciosas.
    Entretanto, para comprar este material os europeus tinham que negociar com os mercadores árabes, pois a única rota para fazer essa transação vinha pelo Mar Mediterrâneo, passando pelas cidades italianas de Gênova e Veneza.
    Amanda Luiza Momm
    Turma;261 Série:6* Ano:7*

    ResponderExcluir
  40. Júlia Ramos Deloroso, 8º ano Matutino7 de julho de 2012 18:26

    A França era dividida em 3 estados: Clero, Nobreza e um terceiro grupo formado pelos outros habitantes (camponeses, burguesia, artesãos).
    O Clero e a Nobreza tinham a maior parte das terras e não pagavam impostos, ao contrario do terceiro estado, que queria que acabassem os impostos, voto individual, participação política e etc.
    Baseado nisso, o terceiro estado "criou" a Revolução Francesa, um movimento que durou 10 anos, que pode ser dividida em: revolução burguesa, fase do terror e consolidação da burguesia no poder.
    A burguesia usou as ideias iluministas para chamar o restante do 3º estado para seu lado e conseguiu, assim, ficar no poder da França com Napoleão Bonaparte.

    ResponderExcluir
  41. renascimento

    O Renascimento foi um movimento que marcou o início de um processo de renovação cultural, que se desenvolveu durante os séculos XV e XVI, teve início na Itália e depois irradiou-se pela Europa.
    No renascimento comercial e urbano onde a economia estava ligada a agricultura e como foram feitas melhorias.
    O renascimento comercial, falou-se numa renovação, onde os comerciantes passaram a ser organizar e realizar feiras, com as novidades tiveram que ser criadas algumas coisas que por necessidades as pessoas foram adquirindo, como por exemplo, as balanças sistemas de pesos e medidas.
    Reforma protestante

    Foi um movimento de caráter religioso que marcou a passagem do mundo medieval para o moderno, realizado na Alemanha contra diversos ponto da doutrina da igreja católica propondo uma reforma no catolicismo.

    A expansão marítima europeia

    Foi um processo histórico ocorrido no século XV e XVII que contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV que através das grandes navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa

    nome: Maria Eduarda seemann
    turma: 7°ano matutino

    ResponderExcluir
  42. renascimento

    O Renascimento foi um movimento que marcou o início de um processo de renovação cultural, que se desenvolveu durante os séculos XV e XVI, teve início na Itália e depois irradiou-se pela Europa.
    No renascimento comercial e urbano onde a economia estava ligada a agricultura e como foram feitas melhorias.
    O renascimento comercial, falou-se numa renovação, onde os comerciantes passaram a ser organizar e realizar feiras, com as novidades tiveram que ser criadas algumas coisas que por necessidades as pessoas foram adquirindo, como por exemplo, as balanças sistemas de pesos e medidas.
    Reforma protestante

    Foi um movimento de caráter religioso que marcou a passagem do mundo medieval para o moderno, realizado na Alemanha contra diversos ponto da doutrina da igreja católica propondo uma reforma no catolicismo.

    A expansão marítima europeia

    Foi um processo histórico ocorrido no século XV e XVII que contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV que através das grandes navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa

    nome: Maria Eduarda seemann
    turma: 7°ano matutino

    ResponderExcluir
  43. Nazismo: a Alemanha saiu muito prejudicada da Iª Guerra Mundial, e teve que cumprir com o Tratado de Versalhes, isso causou um profundo ressentimento na população alemã.
    Hitler assumiu o poder da Alemanha, na República de Weimar. O partido de Hitler não tinha nada que relacionasse com as tradições do socialismo. A crise econômica, com a consequente miséria da população, foi o maior responsável pelo crescimento do Partido Nazista. A economia nazista: violou o Tratado de Versalhes, colocando em prática um programa de obras públicas para combater o desemprego; estimulou o desenvolvimento da indústria de guerra; melhorou a qualificação profissional dos trabalhadores; conteve o êxodo rural; acabou com as indústrias de baixo rendimento; estimulou o desenvolvimento de indústrias especializadas (produtos químicos, têxteis, maquinários, etc.) e a exportação dos seus produtos.
    Era extremamente autoritário, tinha profundo ódio dos judeus e outras raças, se achavam superiores (arianos).

    Colégio CEB
    Aluna: Natália Fraga Kuhnn – 9º ano - matutino

    ResponderExcluir
  44. Oi Sid....

    Nesse segundo trimestre vc comentou bastante sobre os ingleses na América do Norte,q foram perseguidos por suas crenças religiosas e suas ideias antiabsolutistas,fixaram-se na região q ficou conhecida como Nova Inglaterra,onde fizeram quatro colonias.Os outros emigrantes,em diferentes regiões,deram início a mais nove colonias,fazendo com q ficassem no total treze colonias na América do Norte.Essas colonias se organizaram em períodos diferentes.Os ingleses mantinham monopólio do comércio de produtos coloniais.

    Aluna:Julia dos Santos Silva
    8º ano - matutino

    ResponderExcluir
  45. Marcela Bianca Ribas
    9ºano M

    A Guerra Fria tem início logo após a Segunda Guerra Mundial, pois os EUA e a União Soviética vão disputar a hegemonia política, econômica e militar no mundo.
    A União Soviética possuía um sistema socialista, baseado na economia planificada, partido único, igualdade social e falta de democracia. Já os EUA, a outra potência mundial, defendia a expansão do sistema capitalista, baseado na economia de mercado, sistema democrático e propriedade privada. Na segunda metade da década de 1940 até 1989, estas duas potências tentaram implantar em outros países os seus sistemas políticos e econômicos.

    ResponderExcluir
  46. Aluno:Matheus Luis da Rosa
    Professor:Sidney Setubal
    1º ano 311
    Hebreus
    Os hebreus foram um dos povos mais inteligentes de todos os tempos,construíram varias arquiteturas de porte grande que por exemplo estão de pé ate os dia de hoje.Situados na região da palestina banhados pelo rio Jordão,os hebreus eram monoteístas(acreditavam em um único deus),no começo eram liderados por Abraâo em busca da famosa “terra prometida”,depois por Moisés,quando aconteceu o êxodo (libertação do cativeiro egípcio)e a diáspora.Divididos e fragilizados foram tomados por outros povos e outras nações.Já a política dos Hebreus era dividida em 3 poderes,os patriarcas (mulher submissa ao homem)aonde havia a política fragilizada,Juízes(que eram os chefes militares,como principais nomes tinha Josué e Sansão tão mencionado na bíblia ) e Reis(monarquia teocrática,baseada em deus,principais reis eram Davi e Salomão,que muitos dizem que foi o homem mais rico do mundo ).

    ResponderExcluir
  47. O mar tenebroso, expansão Maritíma

    o pensamento medieval era que o mundo era plano e os mares infestados de monstros marinhos.
    Influenciados pelos contos de Marco polo, muitos navegadores aventuram-se pelos mares. Os portugueses, passavam pelo sul da África, para chegar na India e na China.
    Expansão Marítima , A partir da exploração do "Mar Tenebroso", que não acabava em abismos ou possuía monstros devoradores de embarcações, os portugueses iniciaram o processo de expansão marítima, que transformou não apenas a história de Portugal como a de todas as civilizações que passaram a ter contato com os povos europeus. Foi a partir de então, que o mundo começou a ficar pequeno.

    ResponderExcluir
  48. As grandes navegações: Ao contrario dos portugueses, que buscavam atingir as índias contornando a costa africana, Colombo planejou atingir o leste, onde se encontravam as índias, viajando no sentido oeste. Descobrindo então um novo continente que mais tarde foi denominada America. O novo continente foi dividido entre Espanha e Portugal. A parte da Espanha, no período colonial, foi divida em 15 terras, mas somente 2 dessas terras deram certo: São Vicente e Pernambuco.

    Kássia Morais Pereira, segundo ano do EM.

    ResponderExcluir
  49. Um dos temas abordados foi o fascismo e o nazismo:
    O fascismo foi um regime totalitário liderado por Benito Mussolini, que aconteceu na Itália. Já o nazismo foi um regime liderado por Adolf Hitler, aconteceu na Alemanha. Os dois tinham propostas de levantar o país após o desastre que foi a Iª Guerra Mundial, que causou bastante estragos e eles tinham a proposta de levantar o país, de reergue-lo. Os dois foram regimes totalitários, aconteceram no período "entre guerras".
    Ariadne Matzembacher - 9º ano Matutino

    ResponderExcluir
  50. Hebreus:De principio eram assim como todos os povos da antiguidade politeístas.
    Passaram a ter crença em um único Deus.Este deus seria jové ou javé.
    A historia politica dos hebreus estava dividida em:
    -Patriarcas >poder(pai) grande chefe.
    -Juízes
    -Reis (monarquia)
    Divisão do reino
    Reino de israel.
    Reino de Judá.
    Aluno:João lucas venancio

    ResponderExcluir
  51. Ana Gabriela - 9º ano matutino..
    Guerra fria!
    ocorreu no período entre-guerras; foi basicamente a divisão do mundo em dois blocos onde capitalistas eram aliados dos Eua, já os países socialistas estavam então ligados a URSS.
    nessa divisão todo o mundo foi atingindo diretamente por conflitos ou indiretamente devido as consequências deles.
    Durante a guerra fria não ocorreu nenhum conflito direto entre essas duas potencias.
    Mas países aliados aos lados foram usados pra conflitos.
    A disputa envolvia o avanço na corrida espacial e a tecnologia de bombas nucleares.

    ResponderExcluir
  52. Regimes totalitários. Tiveram “aceitação” e êxito, pelas fragilidades do capitalismo e socialismo. Esses dois regimes eram totalmente contrários aos ideais do socialismo.

    Nazismo: Após a Primeira Guerra, a Alemanha passa por uma crise. Tendo que pagar dívidas aos ingleses, a crise de 29 levou os alemães ao desemprego, fortalecendo o nazismo. O sentimento de vingança tomava conta dos alemães, e os nazistas ofereciam melhores condições de vida à população, e Hitler ia se transformando em um “Salvador da Alemanha”. Os partidos alemães estavam fracos, e com um golpe de estado, o nazismo assume o poder. Mesmo com a Alemanha em crise o nazismo ia conseguindo cada vez mais adeptos, pela sua propaganda induzente.

    Fascismo: sistema político, econômico e social que surgiu entre as décadas de 1920 e 1940 em alguns países da Europa, principalmente Itália (Benito Mussolini) e Alemanha (Adolf Hitler). Esse sistema terminou após a derrota da Itália, Alemanha e Japão na Segunda Guerra.
    Totalitarismo: poder na mão dos líderes somente.
    Nacionalismo: só o que é do país tem valor.
    Militarismo: investimentos na produção de armas e equipamentos de guerra.
    Culto à força física: jovens, desde pequenos eram treinados para uma possível guerra.
    Censura: nenhuma crítica ou ideia contrária ao sistema totalitário poderia ser exposta em qualquer meio de comunicação.
    Usavam os meios de comunicação para colocar suas ideias nas vidas das pessoas, induzindo-as a seguir os mesmos passos.
    Perseguiam e massacravam as minorias, que eram capturados e enviados para os campos de concentração e então exterminados.

    Crise de 29: Durante a Primeira Guerra, a economia dos EUA estava em desenvolvimento, com a exportação para a Europa. Após a guerra, os EUA exportavam muitos produtos para os países europeus reconstruírem suas cidades, mas no final da década de 20, com as cidades já reconstruídas, os EUA exportavam cada vez menos. Sendo assim, os produtos se acumulavam nos estoques e não eram vendidos, o que gerou desemprego e queda na Bolsa de Nova York. Afetando muitos países por todo o mundo, até mesmo o Brasil, já que os norte-americanos pararam de comprar café.

    Douglas Alexandre Sousa
    3º EM.

    ResponderExcluir
  53. A segunda guerra mundial foi uma guerra total no sentido amplo da palavra. A política nazista de destruição dos judeus contava com a sofisticada organização de busca, seleção, transporte, concentração, e assassinato nos campos de extermínio, para onde também foram enviados dos ciganos oposicionistas e até os prisioneiros de guerra.Já em 1945, os nortes-americanos jogaram bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, ameaçando o mundo com nova tecnologia de morte em massa.

    ANA MARINA 9 ANO MATUTINO

    ResponderExcluir
  54. Vinicius Delanlho8 de julho de 2012 16:27

    acho que esse trimestre foi interessante...
    gostei do filme que professor passou, ''Menino Do Pijama Listrado'' que mostrou como era o pensamento de Hitler sobre os judeus, e um poco de como eles eram tratados na quela época, alem de ter mostrado uma história muito bonita sobre um menino que so queria brincar.
    abs.

    ResponderExcluir
  55. O renascimento foi um período da historia em que se teve interesse pelo passado greco-romano clássico, principalmente pela arte. O renascimento começou na Itália, no século XIV, e espalhou-se por toda a Europa, durante os séculos XV e XVI.
    A quebrada sociedade feudal da idade média transformou-se em uma sociedade dominada, por instituições politicas centralizadas, com uma economia urbana e mercantil, e com isso se destacou a educação, arte e musica.
    A palavra renascimento foi falada pela primeira vez em 1855, para referir-se ao descobrimento do Mundo e do homem no século XVI.

    ALICE SANTOS BEGNINI 7 ANO MATUTINO.

    ResponderExcluir
  56. Persas: Povo iraniano no qual vivem principalmente no Irã. No começo do século VI a.C, iniciaram a conquista de um dos maiores impérios da antiguidade.Os persas formaram o maior império do Oriente Antigo, unificando vários povos do Crescente Fértil, suas fronteiras se estendiam do Mar Mediterrâneo até o Oceano Índico.No século VIII a.C., os medos possuíam um reino com exército organizado, que dominava povos iranianos e persas, obrigando-os a pagar impostos.
    Em 550 a.C., Ciro, do clã persa dos aquemênidas, liderou uma rebelião contra os medos, vitorioso, reuniu sob seu domínio todas as tribos que habitavam o planalto iraniano. A partir daí, começou a formação do Império Persa. Ciro conduziu a Pérsia à expansão, conquistando várias regiões, solucionando o problema do aumento da população e da pequena produção agrícola na região.

    Aluno: João Victor Rocha dos Santos

    Valeuu, abraço!

    ResponderExcluir
  57. Dirnei Ferri Filho
    Primeiro ano EM 311

    Nas aulas de história comentamos sobre os Egípcios que foi uma das primeiras civilizações a serem fundadas, e que eram politeístas e participaram bastante no desenvolvimento de tecnologias que são usadas até hoje. Falamos também sobre os Persas, que tiveram um grande império, do qual maior parte da glória é dada a Dário. Também comentamos sobre os Fenícios, que contribuíram e muito para o desenvolvimento naval e também foram os que inventaram a escrita cuneiforme, e os Hebreus, que foi o primeiro povo a ser monoteísta. E estão relacionados diretamente e historicamente a cristo. Falamos sobre a China, suas dinastias e a Índia, do budismo indiano e chines entre outros.

    ResponderExcluir
  58. Nesse segundo trimestre nós abordamos vários conteúdos, que falavam sobre a Guerra fria, que foi uma consequência da segunda guerra mundial, que aconteceu em toda Europa mas com foco na Alemanha, depois do surgimento do nazismo e do facismo. A guerra fria foi uma ''guerra indireta'' entre Eua e Urss, que disputavam para ser a maior potência mundial.
    Também aprendemos sobre a descolonização africana, que foi a independência das colônias européias na africa.

    ResponderExcluir
  59. Centro Educacional Barreiros – CEB
    Aluna: Letícia Maria Anselmo
    3º ano do Ensino Médio

    Em 1929, teve nos Estados Unidos a pior crise econômica do país. Tudo começou quando a Europa se recuperou da Primeira Guerra Mundial e com isso, diminuiu as importações de produtos agrícolas do Estados Unidos, levando assim muitos agricultores norte-americanos a falência. As indústrias também foram atingidas pela crise, porém as empresas não diminuíram a produção, gerando acumulação de estoque. Portanto, a crise se caracterizou como crise de superprodução. Com tudo isso, o valor das ações dessas empresas na Bolsa de Valores de Nova York caiu, os donos das ações começaram a vender as suas ações rapidamente, gerando o crash (quebra) da Bolsa de Nova York.
    Sem dinheiro, muitos norte-americanos passaram a viver em barracos, formando as favelas. Estrangeiros e grupos étnicos sofriam perseguições. A crise, conhecida como a Grande Depressão, atingiu os países que mantinham relação com os EUA. Os preços dos produtos agrícolas mundiais desabaram. A União Soviética foi um dos poucos países a escapar da crise, e isso devido a economia do tipo estatal, em que a economia obedecia a um planejamento e não as leis de mercado. O atual presidente dos EUA, Hoover , era seguidor do liberalismo econômico , segundo o qual o Estado não deveria interferir na economia, sendo assim não tomou nenhuma atitude para resolver a crise.

    ResponderExcluir
  60. Olá Sid, aqui quem fala é a Ana Carolina do 7º ano matutino...
    Neste trimestre aprendemos sobre a Reforma protestante e renascimento, escolhi falar sobre a reforma protestante...Reforma protestante foi um movimento contra as práticas da igreja católica como por exemplo a regra do celibato (padres não podiam/podem casar).Movimento criado por Martinho Lutero, próprio integrante da igreja católica, que acabou criando a igreja luterana.E na época eles pagavam indulgencias, que era para o perdão dos pecados e a entrada no céu.

    Bom é isso, abraços!

    ResponderExcluir
  61. Reforma Religiosa
    Foi um movimento que se iniciou na Alemanha com Martinho Lutero. Ele não tinha intenção de criar uma nova religião, queria apenas reformar a igreja católica. Então Lutero criou noventa e cinco leis e por conta disso começou a ser perseguido pela igreja católica, na qual ele foi membro tempos atrás.

    Contra-Reforma
    Aconteceu uma reunião, na qual se criaram algumas idéias para tentar combater a reforma religiosa. Surge então a companhia de Jesus, que tinha como principal objetivo atrair novos fiéis e também a lista de livros proibidos, ou seja, INDEX.

    ResponderExcluir
  62. China
    Primeiros grupos há cerca de 30 mil anos. 7000 a.C. surgiram às primeiras aldeias à margem dos rios, nesses povoados teve o inicio a pratica da agricultura.
    No vale do rio Amarelo desenvolveram mais a agricultura, surgiu muitas comunidades transformaram em pequenos estados governados por chefes ( o poder era transmitido por laços familiares).
    Um dos chefes, Yü, unificou esses pequenos estados e tornou-se rei, deu inicio a primeira dinastia da historia da china (dinastia Xia).
    A dinastia Xia foi derrubada pelos Shang, que fundaram uma nova dinastia. Os Shang governaram durante sete séc. A Chinas criou a escrita primitiva, que originou a atual escrita chinesa, feita com ideogramas.
    Durante a dinastia Shang, os chineses desenvolveram um calendário com 365 dias, utilixar conchas como dinheiro, criaram instrumentos musicais, descobriram a técnica da fabricação. Os Shang foram derrubados por um rei vizinho que deu início a dinastia Zhou.
    A crise da sociedade chinesa estimulou o nascimento para as teorias filosóficas.
    Depois de muitas batalhas o reino de Qin anexou adversários e unificou a China, seu rei proclamou-se rei (teve o começo da fase imperial), ele padronizou os sistemas, protegeu mais o território contra invasões. Quando o imperador morreu o império entrou em crise, Liu Bang assumiu o governo dando inicio a dinastia Han. Nessa dinastia deve muito conhecimento cientifico. A china só passou a ter contato mais regular com o ocidente a partir do séc XIII.
    Fenícios
    Governado por monarcas, a comunicação entre as diferentes cidades-estados era feito principalmente pelo mar, o que mais vendiam era corante, já que não eram de natureza guerreira optaram pelo comercio (se expandiram pelo mar mediterrâneo), como navegavam muito pelo mar conheciam bastante e iam cada vez mais longe. A fenícia entrou em decadência depois de sofrer invasões de vários povos. Roma incorporou as cidades fenícias aos seus domínios. A civilização fenícia chegava ao fim, mas sua herança perpetuaria pelos séc. graças sobre tudo a uma das maiores invenções da humanidade: o alfabeto.

    ResponderExcluir
  63. Grecia Antiga: Nosso mundo de hoje tem muito a ver com os gregos antigos. Herdamos dos gregos, por exemplo, os conceitos de cidadania e democracia. Eles foram os criadores dos jogos olímpicos, da filosofia, dos fundamentos da ciência e do teatro.

    China: A China é o maior país da Ásia Oriental e o mais populoso do mundo, com mais de 1,3 bilhão de habitantes, aproximadamente um sétimo da população da Terra.

    Hebreus: Os hebreus eram um povo de origem semita (os semitas compreendem dois importantes povos: os hebreus e os árabes), que se distinguiram de outros povos da antigüidade por sua crença religiosa. O termo hebreu significa "gente do outro lado do rio”, isto é, do rio Eufrates.

    Persas: Os persas formaram o maior império do Oriente Antigo, unificando vários povos do Crescente Fértil, suas fronteiras se estendiam do Mar Mediterrâneo até o Oceano Índico. Habitavam o planalto do Irã, situado a leste da Mesopotâmia, uma região semi-árida, com montanhas, ricas em minerais, desertos e poucos vales férteis, de clima seco, com grandes oscilações de temperatura.

    Fenícios: Os Fenícios foram os grandes navegadores da Antigüidade e os criadores do alfabeto.

    Índia: A civilização indiana é uma das mais antigas do mundo tendo mais de 4.000 anos. É o segundo país mais populoso do mundo com mais de 1 bilhão de habitantes.

    ResponderExcluir
  64. Período Pré-Colonial:

    Durante esse período, os portugueses enviavam para o Brasil várias expedições (a maioria delas exploratórias). Esse período então foi marcado pelo envio dessas expedições, pelo escambo e a grande exploração de pau-brasil. A extração do pau-brasil era feita através da mão-de-obra dos indígenas, que recebiam pequenas mercadorias (como espelhos e facas) pelo serviço prestado (isso era o chamado escambo). A extensa quantidade de pau-brasil explorado então seria usada na indústria têxtil (por causa da tinta), fabricação de embarcações (com a madeira), etc. Esse período é chamado “Pré-Colonial” porque nessa época os portugueses ainda não tinham o objetivo de colonizar o Brasil, isso porque eles preferiam consolidar laços com o mundo oriental. Também devido à inexistência de metais preciosos e da falta de pessoas dispostas a se fixarem aqui. Só mais tarde os portugueses resolveram fazer o Brasil de colônia, passando a escravizar os indígenas(o que ajudou para que essa população nativa diminuísse), sem se preocupar nem um pouco com a cultura deles. Foi nesse período de colonização que foram criadas as capitanias hereditárias, que eram 15 ao todo, mas apenas duas deram certo (São Vicente e Pernambuco).

    Manoella Cristina Souza, 2º ano E.M.

    ResponderExcluir